Somos Memórias

Acredito muito no título deste texto, somos mesmo, somos muito mais do que aquilo que os outros pensam ou vêem, somos muito mais que a conta no banco ou o telemóvel último modelo. Somos vivências, somos as viagens que fazemos, somos as gargalhadas que damos, somos um pouco das pessoas que conhecemos que nos marcam, somos uma coleção de momentos.

Hoje recordo as minhas memórias das tardes de domingo… muitas delas partilhadas com a Di, lembro alguns sabores, cheiros e cores. As barbies, os tachitos, os farrapos, as navegantes da lua, os tazos, os carritos do vizinho,o  andar de bicicleta, o saltar à corda, o trepar as oliveiras da Ti Maria, o ir com a avó à merceraia fazer as compras da semana, o guardar das galinhas e dar-lhes pão duro que por vezes comiamos, o apanhar das amoras ou deitarmo-nos no campo de flores… e acabar a tarde a beber tofina e a comer torradas com planta, por vezes feitas na lareira ou torta de laranja com doce, que em dias de aniversário dava lugar ao bolo com três andares barrados com creme de açúcar em pó e clara e as missangas para darem cor.
Guardo tudo isto com muito carinho e vou continuando a construir memórias, porque a vida não pára e daqui a uns anos vou estar a olhar para trás, e a rever as memórias que hoje construo.

Entre as tardes que descrevi e as de hoje há muitos anos pelo meio, muitas outras memórias, mas as tardes do presente estão recheadas de brincadeiras e de experiências na cozinha, bolos, bolinhos, panquecas, pão e bolachas, as nossas tardes são muito isto, principalmente agora no inverno. São estas as memórias que quero ter daqui a uns anos, e que a minha filha também tenha, tardes de domingo com o forno ligado a fazer coisas boas para durante a semana termos um gostinho do tempo que passamos juntos.

É preciso tão pouco para sermos felizes e marcarmos o nosso presente no nosso futuro. Vivam mais, tenham momentos únicos, e felizes é isso que dá sentido à nossa existência.

domingos-tarde

2 comments

  1. Bem… É incrível ler todas essas memórias e lembrar-me de todas elas! É fantástico saber que alguém partilha as mesmas memórias e que por mais que o tempo passe, elas permanecem.
    Só faltou o pão com manteiga e açúcar! Lembras-te?
    Tempos tão felizes… ♥

    Liked by 1 person

  2. Sim :’) e a gavetas das pastilhas…. opa são tantas recordações. E como escrevias no outro dia, são muito mais marcantes estes momentos do que os bens materiais 🙂

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s